Uribe viaja à Argentina para explicar à Unasul acordo com EUA

Cartagena (Colômbia), 27 ago (EFE).- O presidente colombiano, Álvaro Uribe, viajou hoje de Cartagena das Indias, norte, em direção a Bariloche, no sul da Argentina, para participar amanhã na cúpula extraordinária da União de Nações Sul-americanas (Unasul) e explicar o polêmico acordo que negociou com os Estados Unidos.

EFE |

Uribe viajou à reunião acompanhado dos ministros das Relações Exteriores, Jaime Bermúdez, e Defesa, Gabriel Silva Luján, e pelo comandante das Forças Militares, general Freddy Padilla.

O Llao Llao Hotel e Resort reunirá os chefes de Estado dos 12 países-membros da Unasul: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai Venezuela.

O Governo colombiano informou que participa da cúpula na Argentina com a intenção de discutir temas relacionados com o crime transnacional, a corrida armamentista de alguns de seus vizinhos, os acordos militares de países da área com outras nações do mundo, e outros aspectos.

Uribe disse ainda que a Colômbia respeitou a soberania de cada país e, nesse sentido, pede tratamento igual, em alusão ao fato de o tema central da cúpula ser o acordo entre Bogotá e Washington, pelo qual militares americanos poderão operar em bases colombianas para combater o tráfico de drogas e o terrorismo. EFE ric/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG