Uribe reitera disposição a normalizar relações com Equador

Bogotá, 16 ago (EFE).- O presidente colombiano, Álvaro Uribe, reiterou hoje sua disposição a normalizar as relações com o Equador, quebradas desde março de 2008, e a manter um diálogo construtivo para analisar as preocupações dos dois países.

EFE |

"O Equador conhece nossas preocupações. Temos toda a vontade de contribuir para que essas relações se normalizem. Em um diálogo construtivo, escutaremos as inquietações do Equador e manifestaremos as nossas", disse Uribe, em um ato de prestação de contas de seu gabinete, transmitido pela televisão estatal do país.

Na sexta-feira passada, Uribe pediu desculpas novamente ao Equador pelo bombardeio, no dia 1º de março de 2008, de militares colombianos contra um acampamento das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) instalado em território equatoriano e se mostrou disposto a dialogar com o país vizinho.

O presidente do Equador, Rafael Correa, aceitou ontem as desculpas de Uribe, mas insistiu em condicionar o reatamento das relações entre os dois países ao cumprimento de vários requisitos.

EFE mb/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG