Governo dará todas as condições para libertação de Betancourt - Mundo - iG" /

Uribe: Governo dará todas as condições para libertação de Betancourt

Bogotá, 1 abr (EFE).- O presidente colombiano, Álvaro Uribe, disse que está disposto a oferecer às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) todas as condições para a libertação unilateral da refém franco-colombiana Ingrid Betancourt.

EFE |

"Caso decidam por uma libertação unilateral da doutora Ingrid Betancourt, o Governo dará todas as condições para facilitar essa libertação unilateral", afirmou Uribe, após visitar o ex-refém Jorge Eduardo Gechem, em sua casa em Bogotá.

Em declarações divulgadas por volta da meia-noite de segunda-feira pela Secretaria de Imprensa da Casa de Nariño (sede do Governo colombiano), Uribe não deu detalhes sobre que condições podem ser oferecidas para facilitar a libertação de Betancourt, cujo estado de saúde é grave.

Uribe disse que os casos da ex-candidata presidencial, em poder das Farc desde fevereiro de 2002, e de outros 40 seqüestrados com fins de troca pelos rebeldes, foram o principal tema discutido entre ele, Gechem e a família do libertado, na qual o alto comissário para a Paz, Luis Carlos Restrepo, o acompanhou.

"Gechem nos perguntou (...) se estaríamos dispostos, no caso da doutora Ingrid Betancourt (...), a facilitar condições para uma libertação unilateral", disse Uribe.

"Nós dissemos, sem vacilar, que sim, que facilitaríamos todas as condições para uma libertação unilateral da doutora Ingrid Betancourt e dos demais seqüestrados", afirmou.

Uribe também se referiu à série de rumores sobre a presença de Betancourt em um posto de saúde do departamento de Guaviare, ao sul de Bogotá, e para onde viajou no sábado para liderar um conselho governamental na capital, San José del Guaviare.

"O Governo não recebeu nenhuma informação de aldeões sobre Betancourt", garantiu Uribe, afirmando que o Exército, a Polícia e o DAS (Departamento Administrativo de Segurança) estão vigiando o local.

"Falamos com muitos cidadãos no sábado, mas não tivemos nenhuma informação", disse. EFE jgh/wr/gs

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG