Uribe propõe fundo mundial para reconstrução do Haiti

Bogotá, 15 jan (EFE).- O presidente colombiano, Álvaro Uribe, propôs hoje a criação de um grande fundo mundial para a reconstrução do Haiti, no qual sejam atribuídas atividades específicas a cada país que estiver disposto a ajudar.

EFE |

Em uma entrevista à rede de emissoras regionais da cadeia de rádio "RCN", o líder deu como exemplo o fundo criado para a reconstrução da cidade colombiana da Armenia, atingida por um grande terremoto em janeiro de 1999.

"Nossa proposta é que organismos como as Nações Unidas e os bancos multilaterais, trabalhando com a vontade do Governo haitiano, participem da reconstrução da irmã Haiti", disse o presidente.

O chefe de Estado acrescentou que a cada país disposto a ajudar deve assumir responsabilidades para tarefas específicas, "e a Colômbia tem toda a disposição" para prestar sua colaboração.

Uribe confirmou que falou com alguns presidentes, com altos representantes da ONU e de alguns bancos multilaterais para propor seu ideia ao Governo do Haiti.

O terremoto de 7 graus na escala Richter aconteceu às 19h53 de Brasília da terça-feira e teve epicentro a 15 quilômetros de Porto Príncipe, a capital do país. A Cruz Vermelha do Haiti estima que o número de mortos ficará entre 45 mil e 50 mil.

Na quarta-feira, o primeiro-ministro do país, Jean Max Bellerive, havia falado de "centenas de milhares" de mortos.

O Exército brasileiro confirmou que pelo menos 14 militares do país que participam da Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti (Minustah) morreram em consequência do terremoto.

A brasileira Zilda Arns, fundadora e coordenadora da Pastoral da Criança, ligada à Igreja Católica, também morreu no tremor.

Diferente do número do Exército, o ministro da Defesa, Nelson Jobim, aumentou hoje o número de mortos para 17 - considerando as mortes de Luiz Carlos da Costa, funcionário da ONU, e de outro brasileiro que não identificou -, segundo informações da "Agência Brasil". EFE fer/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG