Uribe procura mais investimentos e integração em visita ao Brasil

Jaime Ortega Carrascal. São Paulo, 16 fev (EFE).- O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, convidou hoje os empresários brasileiros a fortalecer a integração regional mediante o aumento do comércio bilateral e dos investimentos no país andino.

EFE |

Uribe começou hoje em São Paulo uma visita de dois dias ao Brasil, que em sua primeira parada teve um forte acento empresarial e que amanhã passará ao campo político em Brasília, onde será recebido e condecorado com a Ordem Nacional do Cruzeiro do Sul pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

"Convido nossos países a se integrarem mais, não só com um comércio entre um e outro, mas investindo mais", manifestou o governante colombiano em um almoço com mais de 100 representantes do Grupo de Líderes Empresariais (Lide).

O governante assinalou que "o Brasil encontrou na Colômbia um bom consumidor, um bom cliente", e por isso os empresários brasileiros devem pensar nesse país também como uma "boa plataforma de produção", pela segurança que oferece para os investimentos.

"Na Colômbia, estamos fazendo um esforço para construir confiança; essa é a palavra líder de nosso Governo", expressou.

Uribe lembrou que, para a Colômbia, o Brasil é o principal fornecedor de maquinaria agrícola, aviões e muitas matérias-primas.

Além disso, afirmou que empresas colombianas fizeram investimentos no Brasil, principalmente no setor elétrico.

"É preciso pensar na Colômbia não apenas em comércio, mas também em investimento nas duas direções", enfatizou.

Segundo dados apresentados por Uribe, o comércio bilateral - que em 2002 foi de US$ 700 milhões - subiu para mais de US$ 3,1 bilhões no ano passado.

O presidente colombiano apresentou aos empresários uma ampla relação das conquistas de seus quase sete anos de Governo, tanto em segurança pública como em política econômica, e destacou que a confiança dos investidores em seu país cresceu "após a derrota do sequestro" e a diminuição da violência em geral.

Quanto aos indicadores macroeconômicos, destacou o crescimento da taxa de investimento, que durante seu segundo mandato, iniciado em agosto de 2006, subiu de 12% para 28% do equivalente ao Produto Interno Bruto (PIB) colombiano.

Da mesma forma, o investimento estrangeiro direto passou de uma média de US$ 700 milhões por ano para cerca de US$ 10 bilhões.

"A Colômbia é um país amigo do investimento. Acreditamos que não se pode anular a iniciativa privada, que constrói muito, que fornece muito. O investimento com responsabilidade social é o único caminho para combater a pobreza e construir a igualdade", afirmou.

Além disso, ressaltou a abertura comercial gerada em acordos de diferentes tipos com México, Chile, Canadá, Peru e os países centro-americanos, assim como em aproximações com a China e o início de negociações para um tratado entre a União Europeia (UE) e a Comunidade Andina (CAN), que também tem um pacto com o Mercosul.

Sobre o Tratado de Livre-Comércio (TLC) assinado com os Estados Unidos, cujo processo de ratificação está estagnado no Congresso americano, explicou que "em algum momento se tornará realidade", e afirmou que espera se reunir o mais rápido possível com o presidente Barack Obama para discutir o caso.

"Temos que ter paciência, insistência, prudência e perseverança", acrescentou.

Antes de se reunir com os empresários, Uribe visitou uma sede da empresa Tracker e se reuniu com o governador de São Paulo, José Serra (PSDB).

O líder colombiano, que viajou acompanhado por seus ministros das Relações Exteriores, Jaime Bermúdez, e de Comércio, Indústria e Turismo, Luis Guillermo Plata, também se reuniu com o presidente da Federação de Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Paulo Skaf.

Uribe seguiu depois para Brasília, onde se reunirá amanhã com Lula para agradecer pelo apoio logístico do Brasil na recente libertação de dois políticos, três policiais e um militar que estavam em poder das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc). EFE joc/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG