Uribe pede que integrantes das Farc abandonem o grupo

Quito, 29 abr (EFE).- O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, pediu hoje aos integrantes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) que abandonem esse grupo e libertem os seqüestrados.

EFE |

Uribe aproveitou uma entrevista telefônica com à "Rádio Quito" para "chamar os integrantes das Farc, que nos ouvem da selva colombiana, e dizer que que abandonem as Farc".

"Isso (pertencer às Farc) só os leva à morte, à destruição das famílias (...). Tragam os seqüestrados, os libertem", disse Uribe.

Reiterou que, para que abandonem esse grupo, seu Governo oferece aos integrantes das Farc "um fundo de recompensas de até de US$ 100 milhões".

Acrescentou que seu país faz um "grande esforço militar na busca da localização dos lugares onde os seqüestrados estão", para, quando conseguir achar o ponto, "chamar os órgãos nacionais e internacionais humanitários para examinar ali um acordo de libertação humanitária". EFE sm/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG