Bogotá, 16 dez (EFE).- O presidente colombiano, Álvaro Uribe, pediu hoje perseguição aos guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) que se escondem em outros países.

Em declarações à emissora colombiana "RCN" na Dinamarca, Uribe disse que seu Governo tem "muitas preocupações com a presença desses bandidos em território de países irmãos".

O presidente colombiano chegou hoje a Copenhague para participar da Cúpula da ONU sobre Mudança Climática.

"Caso se queira conseguir a paz na Colômbia, muito melhor que abrigá-los em outro país é persegui-los aonde cheguem", insistiu o presidente, que acrescentou que seu Governo seguirá combatendo as guerrilhas "por todas as vias jurídicas".

Uribe e vários de seus ministros denunciaram em várias ocasiões que alguns chefes das Farc e da guerrilha do Exército de Libertação Nacional (ELN) estão escondidos na Venezuela. EFE mb/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.