chanceler das Farc - Mundo - iG" /

Uribe pede à Interpol para deter chanceler das Farc

Bogotá, 14 ago (EFE) - O presidente colombiano, Álvaro Uribe, pediu hoje à Interpol, a Polícia internacional, para deter Rodrigo Granda, considerado o chanceler das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), informaram fontes oficiais.

EFE |

Uribe pediu à Interpol que inclua Granda, cujo verdadeiro nome é Ricardo González, na "lista vermelha" dos mais procurados do mundo e retirou do chefe rebelde a condição de "gerente de paz" que tinha sido outorgada em julho do ano passado.

O presidente permitiu em 4 de junho de 2007 que Granda saísse da prisão após um pedido do chefe de Estado da França, Nicolas Sarkozy, no marco das gestões internacionais humanitárias para a busca da libertação de reféns das Farc.

Segundo autoridades colombianas, o "chanceler" das Farc "se movimenta" pela Venezuela e países centro-americanos.

A "lista vermelha" da Interpol é divulgada em 180 países, lembraram as autoridades. EFE rrm/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG