Bogotá, 27 abr (EFE).- O presidente colombiano, Álvaro Uribe, expressou hoje ao chefe de Estado do México, Felipe Calderón, sua solidariedade com o povo mexicano, afetado por um surto de gripe suína que pode ter causado 149 mortes, informaram fontes oficiais.

Uribe "ofereceu toda a colaboração que o México possa chegar a requerer das instituições nacionais para fazer frente a esta situação", assinalou o presidente colombiano em comunicado.

O Governo colombiano declarou hoje "situação de desastre" para fazer frente a uma possível emergência provocada pelo vírus.

No aeroporto Eldorado, em Bogotá, foi ativado um Plano de Contenção para dar toda a assessoria e acompanhamento aos passageiros que chegarem do México.

O ministro da Proteção Social colombiano, Diego Palacio, afirmou que "o Governo iniciou o Plano Pandemia com medidas especiais para conter o impacto que os eventuais casos possam ter no país".

Além disso, recomendou "cuidado máximo aos cidadãos que devam viajar ao México, seguindo ao pé da letra as instruções das autoridades sanitárias do país". EFE rrm/rr

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.