Uribe não estará em cúpula na qual Equador assumirá Presidência da Unasul

Bogotá, 31 jul (EFE).- O líder colombiano, Álvaro Uribe, não estará presente à cúpula presidencial da União de Nações Sul-americanas (Unasul) que será realizada em 10 de agosto em Quito, informou hoje à Agência Efe um porta-voz da Chancelaria.

EFE |

O ministro das Relações Exteriores colombiano, Jaime Bermúdez, também não comparecerá à cúpula, acrescentou o porta-voz, que não disse qual autoridade representará o país na reunião.

Na cúpula será analisado, no marco do Conselho Sul-americano de Defesa, o acordo militar que a Colômbia negocia com os Estados Unidos.

A ausência de Uribe foi primeiro confirmada esta manhã pelo chanceler equatoriano, Fander Falconi, que disse que na cúpula estarão os presidentes dos 12 países da Unasul, exceto o da Colômbia.

Na 3ª Reunião Ordinária de chefes de Estado da Unasul, prevista para 10 de agosto, em Quito, a governante do Chile, Michelle Bachelet, passará a Presidência de turno do bloco ao presidente do Equador, Rafael Correa.

O ministro de Defesa equatoriano, Javier Ponce, admitiu na quinta-feira que o Equador assumirá a Presidência da Unasul e do Conselho Sul-americano de Defesa em uma "conjuntura difícil" devido às tensões entre várias nações do bloco. EFE mb/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG