Uribe insiste para que Chávez capture chefes das Farc na Venezuela

O presidente colombiano, Alvaro Uribe, insistiu neste domingo para que seu colega venezuelano, Hugo Chávez, capture os membros da guerrilha colombiana das Farc que se escondem em seu território e que na semana passada mataram oito soldados em uma região fronteiriça.

AFP |

"O grupo narcoterrorista das Farc que os assassinou (...) saiu do território da República irmã e lá se refugiou depois do assassinato, como indica a inteligência militar colombiana", assegurou Uribe em um evento público.

"Não viemos pedir ajuda. Viemos em nome de uma democracia respeitável pedir que os assassinos não fiquem impunes em território algum. (...) Fazemos um pedido respeitoso e urgente ao presidente Chávez, comandante das Forças Armadas da Venezuela, para que esses assassinos possam ser capturados", acrescentou.

O governo colombiano acusa as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) pelo assassinato na quarta-feira de oito soldados no departamento colombiano de La Guajira.

sab/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG