Uribe e Chávez devem se reunir em julho; data de encontro ainda será definida

Bogotá, 29 jun (EFE).- O chanceler colombiano, Fernando Araújo, disse hoje que ainda não há uma data certa para a reunião dos presidentes da Colômbia, Álvaro Uribe, e da Venezuela, Hugo Chávez, mas que estão sendo avaliadas diferentes opções para o mês de julho.

EFE |

O ministro das Relações Exteriores assegurou que, por "razões de organização e segurança", as partes não serão "explícitas nesse tema" e, portanto, não darão detalhes da data da reunião.

"Nós ainda não fizemos a confirmação oficial da data. Estamos considerando diferentes datas durante o mês de julho", disse Araújo em conversa com a rádio "RCN".

Há uma semana, Chávez disse que ainda não há um dia exato para o encontro com Uribe e reiterou seu pedido às Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) para que libertem os reféns em seu poder sem pedir nada em troca.

"Queremos continuar ajudando no processo de libertação dos reféns", declarou o presidente venezuelano na ocasião.

As debilitadas relações entre os dois países chegaram a uma aguda crise em março, após uma incursão militar colombiana contra um acampamento das Farc em território equatoriano na qual morreram 26 pessoas, entre elas o segundo homem ha hierarquia da guerrilha, "Raúl Reyes", nome pelo qual era conhecido Luis Edgar Devia. EFE fer/bm/sc

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG