Uribe diz que não tem nada a esconder do promotor-chefe do TPI

Bogotá, 25 ago (EFE).- O presidente colombiano, Álvaro Uribe, deu hoje as boas-vindas ao promotor-chefe do Tribunal Penal Internacional (TPI), Luis Moreno Ocampo, que começou uma visita de três dias à Colômbia, e disse que não tem nada a esconder.

EFE |

Uribe falou da chegada do jurista durante a abertura de um fórum nacional de reconciliação. Ocampo receberá informação na Colômbia sobre os processos contra ex-chefes paramilitares de direita e políticos afins ao Governo que estão detidos por ligações com os primeiros.

"Aqui não há nada a esconder. Que visite, me parece muito bem", disse Uribe, que destacou a Lei de Justiça e Paz promulgada em 2005 para a reinserção de mais de 31 mil ex-paramilitares das Autodefesas Unidas da Colômbia (AUC), que se desmobilizaram após um processo de paz realizado com o Governo entre 2003 e 2006.

Um dos objetivos da visita de Ocampo, que já esteve na Colômbia em outubro do ano passado, é conhecer os processos pendentes contra os 15 ex-chefes das AUC extraditados aos EUA por narcotráfico.

Nesse sentido, o líder colombiano disse que "não haverá impunidade com a extradição dos chefes paramilitares aos Estados Unidos". EFE gta/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG