Uribe diz que não há confirmação sobre saúde de Ingrid Betancourt

O presidente colombiano, Alvaro Uribe, afirmou nsta quinta-feira que não dispõe de nenhuma confirmação sobre as más notícias que circularam na semana passada a respeito da saúde da refém franco-colombiana Ingrid Betancourt, em poder da guerrilha das Farc há seis anos.

AFP |

"Não temos nenhuma confirmação sobre as más notícias que circularam na semana passada", respondeu Uribe, entrevistado pela rede francesa de televisão FR3.

"O exército e a polícia foram a muitos lugares, falaram com muitas pessoas e ninguém confirmou as más notícias que correram", insistiu o presidente, que falou em inglês.

Uribe voltou a dizer que estaria disposto "a iniciar ações concretas com o governo francês" para a libertação de Ingrid, e a suspender as operações militares nas regiões onde a missão humanitária francesa deve atuar.

Segundo o presidente, os membros da missão apenas "disseram onde acreditam estar Ingrid Betancourt".

Na quarta-feira, a França iniciou uma missão humanitária para tentar entrar em contato com a refém, depois que o presidente francês, Nicolas Sarkozy, fez um apelo ao líder da guerrilha colombiana, Manuel Marulanda, para que a liberte.

Ingrid Betancourt faz parte de um grupo de 39 seqüestrados da guerrilha das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia que seria trocado por 500 rebeldes presos em Bogotá em uma eventual troca humanitária.

Leia mais sobre: Farc

    Leia tudo sobre: farc

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG