Uribe diz que Colômbia não esquecerá solidariedade de Lula e García

Leticia (Colômbia), 20 jul (EFE).- O chefe de Estado colombiano, Álvaro Uribe, agradeceu hoje ao presidente Luis Inácio Lula da Silva e ao governante peruano, Alan García, pela presença na cidade fronteiriça para celebrar o Dia da Independência da Colômbia e pedir a libertação dos seqüestrados.

EFE |

"Presidente Lula, jamais os colombianos esquecerão que veio nos acompanhar neste 20 de julho", disse Uribe, perante o que o presidente brasileiro pediu "liberdade, liberdade para todos".

Ao chefe de Estado peruano, Uribe afirmou que os colombianos jamais vão esquecer que, neste sábado, marchou pelas ruas de Lima envolvido na bandeira da Colômbia para pedir a liberdade dos seqüestrados.

García lembrou um verso do hino colombiano para solicitar que "cesse a horrível noite" e "se abra o caminho de um projeto de liberdade na Colômbia".

Também se dirigiu aos seqüestrados nas mãos das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), para que saibam que fica "um dia menos para sua liberdade".

O presidente peruano manifestou a solidariedade e o abraço fraterno dos latino-americanos com a Colômbia, em "uma luta que é nossa", disse, antes de gritar: "Viva a paz na Colômbia".

Uribe, além disso, exclamou que "ao redor do grito da liberdade se manda uma mensagem de força, que vai derrotar o terrorismo". EFE ei/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG