Uribe diz que brigadas médicas visitarão pacientes com gripe em casa

Cidade do Vaticano, 30 abr (EFE).- O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, disse hoje que serão criadas brigadas médicas no país para visitar os pacientes em suas casas com o objetivo de que menos pessoas precisem procurar hospitais, em relação a uma possível chegada da gripe suína em território colombiano.

EFE |

Uribe, que teve um encontro com o papa Bento XVI no Vaticano, disse depois em entrevista coletiva que na Colômbia "há temor" quanto a uma possível "superlotação de hospitais".

O presidente acrescentou que falou com o ministro da Saúde da Colômbia, Diego Palacio Betancourt, ao qual sugeriu consultar toda a rede hospitalar do país quanto à possibilidade de criar tais brigadas médicas.

Uribe explicou que haverá uma campanha na Colômbia para que "os cidadãos recuperem a cultura do cuidado caseiro da gripe, dado que esta doença (gripe suína), de acordo com os cientistas, tem maiores possibilidades de se tornar uma pneumonia".

O chefe de Estado colombiano se reunirá ainda hoje com o primeiro-ministro da Itália, Silvio Berlusconi. EFE cps/bba

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG