Uribe assina extradição do primeiro líder paramilitar aos EUA

Bogotá, 4 abr (EFE).- O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, autorizou hoje a extradição aos Estados Unidos de Carlos Mario Jiménez Naranjo, primeiro líder paramilitar que será entregue a esse país por narcotráfico, informaram fontes oficiais.

EFE |

A Presidência colombiana indicou que o governante assinou a resolução que concede a extradição de Naranjo, um dos chefes desmobilizados do grupo ultradireitista Autodefesas Unidas da Colômbia (AUC).

Ele é reclamado por tribunais do estado da Flórida e do Distrito de Columbia pelos crimes de narcotráfico, lavagem de dinheiro e financiamento do terrorismo.

A extradição do paramilitar foi avalizada pela Suprema Corte na terça-feira passada, pois apesar de Naranjo ter abandonado as armas dentro do processo de paz do Governo e as AUC, ficou estabelecido que ele continuou participando de condutas criminosas desde a prisão, e por isso perdeu os benefícios legais.

No documento, o Governo colombiano assinalou que se decidiu "não adiar a entrega deste cidadão", que terá cinco dias para apelar da extradição.

Naranjo, de 36 anos, é natural do departamento de Risaralda e foi chefe do Bloco Central Bolívar, um dos maiores das AUC.

Esta organização, criada para combater a guerrilha, participou de conversas de paz com o Governo de Uribe entre 2003 e 2006, e mais de 31.000 combatentes deixaram as armas.

O pedido de extradição do ex-líder paramilitar foi apresentado pelas autoridades americanas em agosto do ano passado e concretizada em outubro.

Naranjo, que estava detido em Itagüí (departamento de Antioquia), foi enviado no ano passado por várias semanas a um navio-prisão em alto mar por problemas de disciplina.

Outros 13 ex-líderes paramilitares foram tiveram seu pedido de extradição feito pelos EUA, entre eles o homem que foi seu principal chefe, Salvatore Mancuso, o Executivo colombiano mantém suspensa a possibilidade de entregá-los, em reconhecimento a sua participação no processo de paz. EFE gta/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG