Uribe alerta sobre guerra entre bandos do narcotráfico em Medellín

Bogotá - O presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, alertou neste domingo sobre uma guerra entre bandos do narcotráfico na cidade de Medellín, centro do maior e perigoso cartel da cocaína no passado, o liderado pelo falecido Pablo Escobar.

EFE |

É um confronto entre novos grupos criminosos, advertiu Uribe na saída de um conselho de segurança que liderou nessa cidade do noroeste do país, para onde viajou após a detenção de 25 supostos membros de uma destas nascentes organizações.

"Nós temos que derrotar a guerra entre bandidos", disse o chefe do Estado, que atribuiu este fenômeno ao lançamento de uma granada contra um armazém e oficina de motocicletas do centro de Medellín no sábado pela noite.

A ação deixou 27 feridos, alguns deles em estado grave.

Uribe afirmou em uma declaração à imprensa que esta guerra é uma ameaça à sociedade e ao Estado que deve ser enfrentada até erradicá-la porque, sustentou, nela morrem inocentes e, com ela, desestabilizam-se as instituições.

Leia mais sobre: cartéis

    Leia tudo sobre: carteis

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG