Uribe admite possibilidade de instalação de base militar dos EUA na Colômbia

O presidente Álvaro Uribe deixou aberta nesta quarta-feira a possibilidade de que os Estados Unidos instalem uma base militar na Colômbia, e negou a existência de um plano nesse sentido na fronteira com a Venezuela.

AFP |

"Tudo o que pudermos fazer para fortalecer a ajuda aos Estados Unidos a fim de derrotar o narcotráfico, continuaremos fazendo", afirmou Uribe a um jornalista da rádio RCN, que lhe perguntou se o governo americano irá construir essa base no país e se já recebeu um pedido a respeito.

No entanto, deixou claro que "não se falou" com os Estados Unidos sobre a construção de uma base na fronteira com a Venezuela.

"Não se falou sobre uma base militar, conversamos como sempre sobre (...) buscar fortalecer essa cooperação", explicou. Não será feito "nada que possa levar o vizinho a crer que estamos lhe desafiando", ressaltou.

"A Colômbia, nas decisões que vem tomando em relação à cooperação internacional, nunca assumiu posições desafiantes perante outro país. Nada que a Colômbia faça para derrotar o terrorismo com o apoio dos Estados Unidos será desafiador para algum de nossos vizinhos", afirmou.

Na semana passada o embaixador dos Estados Unidos na Colômbia, William Brownfield, sugeriu a possibilidade de que uma base antidrogas de seu país, atualmente no Pacífico equatoriano, fosse transferida ao departamento colombiano de La Guajira (fronteira com a Venezuela), o que foi negado pelo presidente venezuelano Hugo Chávez.

axm/cl/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG