O secretário-geral dla OEA, José Miguel Insulza, condenou em comunicado o golpe que um grupo de militares realizou neste domingo contra o presidente de Honduras, Manuel Zelaya.

bur-pz/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.