O ex-comandante Luciano Menéndez, de 81 anos, foi condenado hoje à prisão perpétua pela justiça argentina por crimes cometidos em La Perla, um dos três maiores campos clandestinos de detenção da última ditadura (1976/83).

jos/ml/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.