A missão de observadores da Comunidade do Desenvolvimento do Sul da África (SADC) denunciou nesta sexta-feira um aumento da violência, das torturas e dos assassinatos depois das disputadas eleições gerais no Zimbábue.

gm-co/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.