O presidente Barack Obama anunciou nesta sexta-feira a manutenção dos tribunais militares de exceção de George W. Bush para julgar alguns suspeitos de terrorismo presos em Guantánamo, mas prometeu melhorar um sistema que ele e muitos outros criticaram duramente.

lal/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.