Os advogados de Umar Faruk Abdulmutallab, acusado de tentar explodir um avião no dia de Natal, informaram nesta sexta-feira que seu cliente se declara inocente das seis acusações feitas contra ele, pelas quais ele pode ser condenado à prisão perpétua.

str-arb/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.