A italiana Eluana, em coma há 17 anos depois de um acidente de carro, morreu, anunciou nesta segunda-feira o ministro italiano da Saúde, Maurizio Sacconi, aos senadores, reunidos para examinar um projeto de lei destinado a impedir a suspensão da alimentação da jovem, autorizada pela justiça.

nou/yw

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.