O ministro russo das Relações Exteriores, Sergueï Lavrov, considerou nesta sexta-feira ser possível um acordo com Washington sobre armas ofensivas e as defesas antimísseis, após um encontro com a secretária de Estado americana Hillary Clinton, à noite, em Genebra.

at/dro/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.