Um grupo de militares entrou nesta segunda-feira, no início da tarde, nos escritórios da presidência malgache, no centro de Antananarivo, abandonados pelo presidente Marc Ravalomanana que se refugiou num palácio fora da capital, constatou a AFP.

lp-mc/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.