O metropolitano Kirill de Smolensk e Kaliningrado, de 62 anos, foi escolhido patriarca de Moscou e de todas as Rússias, nesta terça-feira, assumindo assim a liderança da Igreja Ortodoxa Russa, principal corrente dessa confissão cristã, na qual sucede Alexei II, falecido no mês passado, anunciou o concílio eclesiástico na TV pública.

alf/tt/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.