O ex-líder político do sérvios da Bósnia, Radovan Karadzic, negou-se nesta terça-feira a pronunciar culpa ou inocência nos processos ante o Tribunal Penal Internacional para a ex-Iugoslávia (TPI), que o declarou inocente de ofício.

axr/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.