Os Estados Unidos estimaram nesta quinta-feira que o Irã dava um passo atrás nos esforços para sair de seu isolamento, ao nomear o ministro da Defesa Ahmad Vahidi, procurado por seu eventual envolvimento num atentado na Argentina, segundo um funcionário americano.

lc/eg/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.