O movimento palestino radical Hamas afirmou neste sábado que não aceitará a presença de um único soldado israelense na Faixa de Gaza, depois que Israel anunciou um cessar-fogo unilateral.

az-jk/cn

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.