O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, anunciou nesta quinta-feira em Roma que aceita, apesar de desaprovar, a decisão da Suprema Corte que garante aos presos da base naval de Guantánamo o direito de recorrer à justiça federal.

bur-kv/fb

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.