Os diplomatas venezuelanos não sairão de Honduras porque a ordem para que deixem o país foi ditada por um governo golpista não reconhecido pela Venezuela nem pelos demais países, declarou nesta terça-feira o encarregado de negócios venezuelano em Tegucigalpa, Uriel Vargas.

fj/al/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.