O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, declarou neste domingo que o governo chinês não deve temer a liberdade de culto, após assistir a um serviço religioso em uma igreja protestante de Pequim.

lal/LR

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.