O austríaco de 73 anos suspeito de manter a própria filha trancafiada durante 24 anos e de engravidar a jovem várias vezes confessou o conjunto dos fatos, afirmou à AFP uma fonte da promotoria.

phs/fp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.