A guerrilha colombiana das Farc contribuiu para o financiamento da campanha presidencial do chefe de Estado equatoriano Rafael Correa em 2006, segundo um vídeo apreendido no final de maio, em Bogotá, pela polícia colombiana, em poder de uma combatente, informou nesta sexta-feira o Ministério Público.

mck/ih/sd

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.