Ancara, 13 jul (EFE).- O primeiro-ministro turco, Recep Tayyip Erdogan, que viajou a Paris para assistir à Cúpula da União pelo Mediterrâneo (UPM), disse que este projeto não é uma alternativa ao processo de adesão da Turquia à União Européia (UE).

Antes de deixar Ancara no sábado para a reunião de hoje de mais de 40 chefes de Estado ou Governo da Europa e do sul do Mediterrâneo, Erdogan assinalou que terá em Paris vários encontros bilaterais com outros líderes da região mediterrânea.

"O projeto definitivamente não é uma alternativa", declarou o chefe de Governo turco.

Erdogan não queria participar da cúpula em razão da oposição do presidente francês, Nicolas Sarkozy, à entrada da Turquia na UE.

Durante sua estadia hoje em Paris, Erdogan se reunirá com Sarkozy, com o primeiro-ministro de Israel, Ehud Olmert, com o presidente sírio, Bashar Esad, com o presidente do Governo espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, com seu colega italiano, Silvio Berlusconi, e com outros líderes da região. EFE dt/mh

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.