Universitários se enfrentam com morteiros na Nicarágua

Manágua, 13 dez (EFE).- Terminou com um ferido um confronto com morteiros artesanais entre universitários que se disputam o controle da direção da União Nacional de Estudantes da Nicarágua (Unem), informaram a imprensa local.

EFE |

A briga aconteceu se registrou do lado de fora de uma casa de estudos onde acontece um congresso estudantil, que se suspendeu momentaneamente.

Os universitários, que se opõem à atual direção da pró-sandinista Unem, a maioria com seus rostos cobertos, chegaram armados com morteiros artesanais e pedras até a Universidade Politécnica da Nicarágua (Upoli), ao nordeste de Manágua, onde ocorre o congresso para reformar os estatutos desse movimento estudantil.

Imagens da televisão local mostraram os universitários se enfrentando nos arredores da Upoli, aonde chegou a Polícia Nacional para retomar a ordem, e um estudante com a cara sangrando, enquanto era socorrido por outros jovens.

Os universitários que se opõem à atual junta direção da Unem protestam contra as supostas pretensões de seu presidente, César Pérez, de 41 anos, de reformar os estatutos do organismo para facilitar sua reeleição. EFE lfp/jp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG