Riad, 29 jul (EFE).- A Universidade de Yamama, em Riad, capital da Arábia Saudita, planeja organizar um torneio de futebol feminino, apesar da forte oposição dos setores conservadores do reino.

Sara Moawad, responsável de Relações Públicas da universidade, disse que o evento coincidirá com o próximo Ramadã (mês do jejum muçulmano), em setembro.

Em declarações publicadas por sites sauditas, Moawad disse já ter recebido a aprovação da federação saudita de futebol para o torneio, que terá 12 equipes de diversas universidades.

A proposta certamente encontrará resistência de parte dos sábios religiosos sauditas. Em junho, eles já tinham divulgado uma nota pedindo ao Governo que proibisse eventos como este ao alegarem que levariam a sociedade rumo ao "abismo da ocidentalização".

No mês de março, outra universidade cancelou uma corrida só com a participação de mulheres devido à oposição dos setores religiosos - incluindo o xeque Abdel Aziz al Sheikh, máxima autoridade religiosa do reino.

Berço do Islã, na Arábia Saudita é comum a separação dos sexos nos espaços públicos, como universidades, shoppings e cafeterias.

Grupos liberais tentam mudar a situação, mas esbarram nos setores mais intransigentes. EFE ma/dp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.