Universidade saudita desafia conservadores e fará torneio de futebol feminino

Riad, 29 jul (EFE).- A Universidade de Yamama, em Riad, capital da Arábia Saudita, planeja organizar um torneio de futebol feminino, apesar da forte oposição dos setores conservadores do reino.

EFE |

Sara Moawad, responsável de Relações Públicas da universidade, disse que o evento coincidirá com o próximo Ramadã (mês do jejum muçulmano), em setembro.

Em declarações publicadas por sites sauditas, Moawad disse já ter recebido a aprovação da federação saudita de futebol para o torneio, que terá 12 equipes de diversas universidades.

A proposta certamente encontrará resistência de parte dos sábios religiosos sauditas. Em junho, eles já tinham divulgado uma nota pedindo ao Governo que proibisse eventos como este ao alegarem que levariam a sociedade rumo ao "abismo da ocidentalização".

No mês de março, outra universidade cancelou uma corrida só com a participação de mulheres devido à oposição dos setores religiosos - incluindo o xeque Abdel Aziz al Sheikh, máxima autoridade religiosa do reino.

Berço do Islã, na Arábia Saudita é comum a separação dos sexos nos espaços públicos, como universidades, shoppings e cafeterias.

Grupos liberais tentam mudar a situação, mas esbarram nos setores mais intransigentes. EFE ma/dp

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG