Universidade espanhola cria projeto para fortalecer vínculos com A.Latina

Valladolid (Espanha), 25 abr (EFE).- A Universidade de Valladolid inaugurará na próxima segunda-feira a Cátedra Brasil, um projeto acadêmico com o objetivo de fortalecer seu vínculo com a região ibero-americana.

EFE |

Segundo fontes da instituição, o protocolo que atribuirá natureza jurídica e acadêmica à cátedra será assinado pelo embaixador brasileiro na Espanha, José Viegas Filho, e pela Universidade nas históricas Casas do Tratado de Tordesilhas.

O reitor da Universidade de Valladolid, Evaristo Abril, disse hoje que a Cátedra Brasil representa "uma firme aposta no desenvolvimento de um grande país, com um grande potencial, e muito interessado na aprendizagem da língua espanhola".

Abril ressaltou a tradição e a bagagem acadêmica do Brasil, "com grandes doutores e pesquisadores", para justificar uma Cátedra que estará subordinada ao Instituto Interuniversitario de Estudos de Iberoamérica e Portugal, com o objetivo de promover e intensificar as relações acadêmicas e culturais entre Brasil e Espanha.

As duas partes, com suas respectivas assinaturas, selarão a criação oficial de um instrumento acadêmico que aproximará a Universidade de Valladolid do Brasil, e que promoverá "a colaboração científica e o desenvolvimento tecnológico" entre brasileiros e espanhóis, acrescentou o reitor.

A cátedra terá sua sede nas Casas onde o Tratado de Tordesilhas foi assinado, em 7 de junho de 1494, no local em que castelhanos e portugueses, com a mediação papal, dividiram suas respectivas áreas de influência no então recém-descoberto continente americano. EFE rjh/ev/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG