A primeira Universidade do Sorvete do mundo, aberta na cidade de Bolonha, na Itália, está atraindo milhares de alunos por causa da atual crise econômica no país, segundo seus fundadores.

A cada ano, a escola recebe até 6 mil pessoas - a maioria interessada em mudar de carreira ou em abrir um segundo negócio.

Para aprender como produzir o melhor sorvete italiano - ou gelato -, os alunos assistem a aulas teóricas e práticas, que incluem receitas, noções de química e muita mão na massa.

O gelato é conhecido mundialmente por seus sabores e sua cremosidade.

Assista ao vídeo:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.