Universidade de Miami-Dade cria Instituto de Jazz Latino

Miami, 11 ago (EFE) - A Universidade de Miami-Dade (Flórida) anunciou hoje a criação do Instituto de Jazz Latino, um projeto que tem como principal objetivo explorar, fomentar e preservar os estilos e tradições musicais surgidos da união do jazz e dos ritmos latinos.

EFE |

Entre as atividades impulsionadas pelo Instituto figuram oficinas e seminários, cursos sobre o negócio fonográfico, classes magistrais, shows e festivais.

Os cursos e conferências, que versarão sobre temas como a evolução do jazz latino, os diferentes estilos, ritmos e percussão, serão dados por reconhecidos artistas deste gênero, muitos dos quais foram ganhadores ou candidatos aos Grammy Latino.

Quanto aos cursos, serão analisados aspectos como a perspectiva geral do negócio da música e os direitos autorais de propriedade intelectual, assim como a promoção e contratação dos artistas, entre outros.

"Não há melhor sede para este importante centro musical que o Miami-Dade College, no sul da Flórida, onde a indústria da música, o entretenimento e a gravação segue experimentando um notável crescimento", disse em comunicado Gregory Gray, presidente do campus Kendall da Universidade Miami-Dade.

O anúncio oficial da criação do Instituto de Jazz Latino será feito em 10 de setembro e contará com a atuação ao vivo do saxofonista Ed Calle e outros músicos convidados.

Em 2009, dentro dos simpósios, está prevista a conferência "O Futuro da Indústria Fonográfica", que reunirá músicos e companhias fonográficas para debater os desafios e perspectivas desta indústria.

O 2º Festival Anual de Jazz Latino, que será realizado em 21 de novembro, contará com a participação de músicos como Ed Calle, Néstor Torres, Jon Secada, Richard Bravo, Roberto Perera e o Trio Negroni. EFE emi/db

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG