Unidades iraquianas e americanas substituem contingente georgiano no Iraque

Unidades iraquianas e americanas substituíram em Kut, ao sul de Bagdá, o contingente georgiano, repatriado em emergência a Tbilisi devido ao atual conflito com a Rússia, informou neste sábado em comunicado o Exército dos Estados Unidos.

AFP |

"As forças de segurança iraquianas trabalharão junto com a 41ª brigada (do Exército americano) e ocuparão as bases onde estava a primeira brigada georgiana", diz o texto.

Os soldados georgianos eram responsáveis por um posto de controle importante a cerca de 30 km de Kut, 175 km ao sul de Bagdá. Kut é a capital da província relativamente tranqüila de Wassit.

O contingente de 2.000 soldados georgianos, presente no Iraque desde agosto de 2003, iniciou em 10 de agosto um retorno precipitado à Geórgia, envolvida em um conflito armado de grandes proporções com a Rússia.

Os soldados georgianos eram o terceiro maior contingente militar internacional no Iraque, depois dos de Estados Unidos e Grã-Bretanha.

Os iraquianos fizeram pouco caso da saída dos georgianos. "Eles não tinham nenhuma experiência, não sabiam lutar. Não seguiam as ordens do exército, e se limitavam a efetuar controles de veículos na região de Kut", disse Mohammed Judaia, ex-oficial do exército do falecido ex-ditador Saddam Hussein.

str/yw

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG