Único festival de cinema de Arábia Saudita é cancelado por pressão conservadora

O único festival de cinema da Arábia Saudita foi cancelado neste sábado, sem chegar sequer a abrir suas portas, devido à pressão dos conservadores islâmicos, afirmaram fontes do festival.

AFP |

As autoridades da cidade de Jedda (oeste) comunicaram no final de sexta-feira aos organizadores do Jedda Film Festival que esse evento não poderia ser realizado, apesar de ter sido lançado com grande pompa na quinta-feira, durante a apresentação das atividades de verão da localidade.

O festival deveria ter sido realizado durante o final de semana.

Os organizadores afirmaram que, antes de anunciar a realização do festival, haviam obtido com dificuldade as permissões das autoridades regionais e locais.

O cancelamento do festival de Jedda representa uma derrota para boa parte da população saudita e para as empresas de espetáculos, que desejavam pôr fim a três décadas de proibição de exibições de filmes em público.

O clero islâmico conservador considera que o cinema, a música e outros espetáculos e manifestações de entretenimento públicas violam os ensinamentos islâmicos.

pmh/dm

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG