Unicef anuncia reabertura de escritório no Iraque, depois de 6 anos

Genebra, 30 jun (EFE).- O Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef, na sigla em inglês) informou hoje que reabriu seu escritório no Iraque, que esteve fechado por seis anos, por causa do atentado terrorista contra a ONU em Bagdá, em 2003, e a violência que desestabilizou o país.

EFE |

Durante esse período, a Unicef dirigia suas atividades de Amã, na Jordânia.

"Necessitamos uma presença no território, por uma questão de credibilidade frente às organizações locais com as quais trabalhamos, como os ministérios da Saúde e de Educação", disse a porta-voz da Unicef em Genebra, Veronique Taveau, à Agência Efe.

Veronique afirmou que, no período o atual, no qual se observa "um início de estabilização" em matéria de segurança no Iraque, "a Unicef tem que estar presente no país".

A porta-voz explicou que dois funcionários internacionais do organismo já estão trabalhando em Bagdá e pelo menos outros três chegarão em breve. O escritório tambpem contratará funcionários locais.

"A ideia é acelerar a abertura do escritório em agosto, mas isso dependerá das condições de segurança e das possibilidades de circular no país", sustentou a porta-voz.

Ela ressaltou ainda que "não se trata de um período de teste", mas de uma "vontade de estar novamente presente no Iraque, de uma maneira real e concreta".

A Unicef anunciou também que iniciou um projeto para melhorar os serviços de saneamento e abastecimento de água no Iraque, com um financiamento da União Europeia (UE) de US$ 10 milhões.

O objetivo é beneficiar 100 mil pessoas, incluindo os meninos e meninas de 30 escolas do país. EFE is/pd

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG