Unicef: 10% das crianças latino-americanas são exploradas no trabalho

Ao todo, 5,7 milhões de crianças realizam trabalhos forçados ou trabalham em condições de servidão na América Latina, afirmou nesta quinta-feira o diretor do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Nils Kastberg.

AFP |

"Falamos de cerca de 10% das crianças latino-americanas que trabalham em condições deploráveis". No entanto, "estamos melhorando quanto à porcentagem de crianças que são exploradas no trabalho em números absolutos, mas ainda falta muito a ser melhorado", disse Kastberg à AFP por ocasião do dia internacional da erradicação do trabalho infantil.

Kastberg afirmou que o comércio sexual é uma das formas mais freqüentes de exploração do trabalho infantil na América Latina.

Nesse sentido, o diretor da Unicef avaliou que "em todos os países da região fazem falta esforços mais fortes para diminuir os níveis de abuso e exploração sexual" de menores.

Para Kastberg, existe um certo grau de moral dúbia e hipocrisia "no sentido de que se fala muito deste tema mas não necessariamente medidas são tomadas".

O diretor classificou como "formas horríveis de exploração" o trabalho doméstico de meninas, o alistamento militar de menores, o comércio sexual e o trabalho em pedreiras e minas de carvão, entre outros.

"Fazem falta capacidade e compromisso dos governos, sobretudo no que diz respeito ao acesso a uma educação de qualidade e gratuita", disse Kastberg, afirmando que também a sociedade e o mundo empresarial têm sua dose de responsabilidade na busca por soluções.

"Atitudes, costumes e práticas fazem parte da sociedade", mas "acredito que a família, a comunidade e as igrejas devem desempenhar um papel importante na prevenção", acrescentou.

Além disso, as empresas devem garantir que haja uma boa informação e supervisão em relação àquilo que estão produzindo e recebendo, para ter certeza de que não há trabalho infantil envolvido, afirmou.

on/ap

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG