União Europeia recusará oferta do Irã para 'tour nuclear'

Proposta havia sido feita para representantes da UE, China e Rússia; não foram convidados EUA, França, Alemanha e Grã-Bretanha

Reuters |

A União Europeia recusará uma oferta do Irã para que suas instalações nucleares sejam visitadas, revelou nesta sexta-feira a encarregada da política externa da UE, Catherine Ashton.

AP
Catherine Ashton (E) com o chanceler húngaro, Janos Martonyi
"O que eu direi é que o papel das inspeções de instalações nucleares cabe à Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) e eu espero que o Irã garanta que a AIEA consiga ir e seguir realizando seu trabalho", disse ela à Reuters depois de reunião com o ministro de Relações Exteriores da Hungria, Janos Martonyi.

A Hungria, que está na presidência da UE pelos próximos seis meses, havia sido convidada pelo Irã em sua posição de liderança europeia a visitar algumas instalações nucleares nas próximas semanas. China e Rússia também haviam recebido convite do governo iraniano.

Grã-Bretanha, França e Alemanha, três das seis potências envolvidas nas negociações com o Irã sobre seu polêmico programa de enriquecimento de urânio, não foram convidadas, assim como os Estados Unidos.

Catherine contou também que havia consultado Rússia e China antes de tomar a decisão de que o convite deveria ser rejeitado. "Obviamente, eu coordenei com os outros membros do E3+3 (três nações europeias mais três outras) que foram convidados. Minha visão é que apesar de ser um convite que não vejo de forma negativa, este não é nosso trabalho, e visitar esses locais e estabelecer o que são requer especialização", disse Catherine, referindo-se à agência de fiscalização nuclear da ONU.

    Leia tudo sobre: irãprograma nuclearnegociaçõesunião europeiaeua

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG