Paris, 30 dez (EFE).- A União Européia (UE) realizou uma reunião de urgência dos ministros de Exteriores em Paris, às vésperas do fim da presidência francesa do bloco, e pediu um cessar-fogo permanente em Gaza, além do acesso de forças humanitárias à região em conflito.

"Queremos um cessar-fogo que seja permanente, respeitado e com acesso à ajuda humanitária, porque as vítimas são muitas e é preciso assegurar o socorro para assim retornar ao processo do paz", comentou o chanceler francês, Bernard Kouchner, ao canal de televisão "TF1".

"Não haverá solução militar, mas política. A UE está preparada para participar dessa paz", completou.

Kouchner afirmou que seus colegas europeus têm a mesma opinião, mas disse que a discussão sobre um texto segue em andamento, pois há divergências sobre a explicação histórica. "Mas todos estão de acordo com a necessidade do fim dos combates", apontou. EFE jaf/dp

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.