Tamanho do texto

Genebra, 23 out (EFE).- A nova comissária de Comércio da União Européia (UE), Catherine Ashton, afirmou hoje que o bloco europeu continuará desempenhando um papel central em impulsionar as negociações da Rodada do Desenvolvimento de Doha da Organização Mundial do Comércio (OMC).

Atualmente, este processo está em um ponto morto, após o fracasso de uma reunião ministerial realizada em julho, que concluiu sem que as principais potências comerciais conseguissem chegar a acordos em temas fundamentais.

Ashton se reuniu em Genebra com representantes dos países da UE, com os responsáveis das negociações sobre agricultura e mercados industriais da Rodada de Doha e com o diretor-geral da OMC, Pascal Lamy.

A nova responsável de Comércio da UE afirmou que, nestas reuniões, percebeu "que a Rodada de Doha continua muito viva" e que, se houver a pretensão de alcançar um acordo, é preciso resolver "os assuntos pendentes de maneira urgente e determinada".

Além disso, disse que os países da UE reiteraram seu compromisso para alcançar um resultado ambicioso e equilibrado neste processo de negociação, lançado em 2001 e que veio aos trancos nos últimos três anos.

Ashton considerou que a atual crise financeira ressalta a importância da abertura que gerou "tanto crescimento e prosperidade econômica nos últimos anos".

Nesse sentido, considerou que um "forte sinal dos líderes políticos dos Estados Unidos, pouco depois das eleições presidenciais incentivaria, nossos esforços". EFE is/an