União Européia endurece sanções contra o Zimbábue

Bruxelas, 22 jul (EFE).- Os ministros de Assuntos Exteriores da União Européia (UE) endureceram hoje as sanções ao regime do Zimbábue ao acrescentar 37 novos nomes à lista de pessoas impedidas de viajar aos Estados-membros, e incluíram empresas próximas ao regime do presidente zimbabuano, Robert Mugabe.

EFE |

Segundo fontes diplomáticas, o Conselho de Assuntos Gerais e Relações Exteriores realizado hoje em Bruxelas aumentou para 160 o total de pessoas e companhias sancionadas.

O Reino Unido anunciou há uma semana sua intenção de intensificar as medidas contra o Governo de sua ex-colônia, e que pediria hoje aos outros membros da UE que fizesem o mesmo.

A decisão da UE ocorre apesar do acordo alcançado ontem entre Mugabe e a oposição no Zimbábue, liderada por Morgan Tsvangirai, para negociar a formação de um Governo de união nacional e tirar o país da crise política. EFE met/an

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG